Frente Comum preocupada com entrega da vigilância da Serra da Estrela a empresa privada

Os trabalhadores do Instituto da Conservação da Natureza (ICN) lançaram o alerta para o que chamam de privatização da vigilância ambiental na zona protegida da Serra da Estrela. Dizem que o ICN se prepara para entregar as funções de vigilância do parque natural à Turistrela, o operador turístico que tem o monopólio da serra mais alta de Portugal continental. A denúncia foi feita à Frente Comum. O sindicalista Paulo Taborda explicou à Antena 1 que os trabalhadores do ICN estão preocupados, porque se está a dar o controlo da fiscalização ambiental a uma empresa que tem interesses comerciais nesta área protegida.

Fonte RTP